Congresso debate estratégias de qualificar a informação pública

ASTRAL busca intensificar a regionalização dos seus trabalhos

Congresso debate estratégias de qualificar a informação pública
O 1º Congresso de Comunicação Pública do Sudeste foi realizado nos dias 4 e 5 de abril, na Câmara Municipal de Araras-SP. Um público de cerca de 200 pessoas compareceu ao evento, que contou com alguns dos principais profissionais da área no Brasil. A TV do parlamento local transmitiu ao vivo a abertura e as onze palestras da programação.


Uma das palestrantes foi a jornalista Karine Pagliarini, que é diretora da Região Sudeste da Associação Brasileira de Televisões e Rádios Legislativas (ASTRAL). Ela falou sobre "Democratização da Informação Pública".


Segundo ela, a comunicação pública e, em especial, as TVs públicas têm uma importância fundamental, na medida em que têm a capilaridade de chegar em segmentos da população excluídos do acesso à internet. Mas, para que isso seja feito de forma eficiente, "é preciso trabalhar a linguagem das emissoras para tornar os conteúdos mais leves e atrativos aos público", declara.


Outra palestra que compôs a programação foi a da jornalista Raquel Tavares, que é diretora de Comunicação Institucional da Câmara Municipal de Sete Lagoas/MG. O tema da fala dela foi "Ações de comunicação para aproximar o cidadão da Câmara". O assunto teve proximidade com a apresentação dos jornalistas Camila Dall'Agnol e Willians Dias, ambos da TV da Assembleia Legislativa do Estado de Roraima (ALERR). Eles tratam sobre "O espaço que as TVs legislativas podem ceder para as pautas de cidadania".


Já o jornalista Mário Sérgio Gurgel, diretor de Gestão Tecnológica da Assembleia Legislativa do Rio Grande do Norte (ALRN), abordou sobre o software Legis Vídeos. A plataforma foi desenvolvida pelo parlamento estadual para facilitar o armazenamento, a gestão e a disponibilização dos materiais audiovisuais registrados pela emissora da ALRN (saiba mais em matéria cujo link foi disponibilizado abaixo).


O presidente da ASTRAL, Gerson de Castro, compôs a mesa de abertura dos trabalhos. Ele entende que a realização do Congresso foi uma oportunidade para aprofundar o processo de integração regional da instituição e também de debater a qualificação da informação pública para a sociedade. "Um público mais instruído e bem informado significa uma sociedade com mais possibilidades de avanços e desenvolvimento social" - declarou.


O 1º Congresso de Comunicação Pública do Sudeste foi fruto de uma trabalho conjunto de organização entre a ASTRAL; a Câmara Municipal de Araras, através da Escola Vereador Dr. Francisco Nucci Neto; a Escola do Legislativo Dr. Osmar de Souza, da Câmara Municipal de Itapevi; e a Associação Brasileira das Escolas do Legislativo e de Contas (Abel).


O evento reuniu algumas autoridades políticas, como a presidente do parlamento da cidade de Araras, Miriam Vanessa Pires; a vice-prefeita de Araras, Anete Casagrande; o prefeito da cidade de Porto Ferreira, Rômulo Rippa; o diretor do Tribunal de Contas de Araras, Paulo Alvarenga; e Dimas Ramalho, conselheiro do Tribunal de Contas do Estado de São Paulo.


Assista às palestras do 1º Congresso de Comunicação Pública do Sudeste.


Leia: Congresso de comunicação pública divulga a programação


Bruno Lara / ASTRAL e Raquel Tavares / Câmara Municipal de Sete Lagoas.

MAIS NOTÍCIAS
ValeVirtual Tecnologia