Assembleia do RN vai adotar inteligência artificial em plataforma de vídeos

Emissora tem se destacado no uso de tecnologia em gestão de vídeos

Assembleia do RN vai adotar inteligência artificial em plataforma de vídeos
A TV Assembleia do Rio Grande do Norte vai lançar até o fim do ano um sistema que transcreve os conteúdos dos vídeos armazenados na plataforma Legis Vídeos. A medida é considerada um avanço na tecnologia de inteligência artificial aplicada à comunicação pública, facilitando a recuperação de informações em nível mais refinado e aprimorado.


A Assembleia tem se destacado pelo desenvolvimento de tecnologias no processo produtivo, de armazenamento de vídeos e na busca por informações no sistema, incluindo reportagens, discursos de sessões legislativas no plenário, audiências públicas, reuniões e debates em comissões, entre outros trabalhos legislativos.


O Legis Vídeos é uma ferramenta de acesso aberto que permite ao usuário assistir a todos os trabalhos gravados da ALRN, o que pode ser importante, por exemplo, tanto para os deputados utilizarem para os seus trabalhos de comunicação pública quanto para a própria imprensa veicular imagens de qualidade produzidas pelo parlamento estadual.


Os vídeos podem ser baixados em HD no formato MP4 ou ainda em MP3, ou seja, tanto em imagem e áudio quanto em áudio apenas. O mecanismo de pesquisa permite buscas por categorias de eventos (como reuniões, audiências públicas, sessões ordinárias e outros), por data exata ou aproximada das atividades e por palavras-chave.


Com a criação desse sistema, a Assembleia do Rio Grande do Norte rescindiu o contrato com uma empresa terceirizada que prestava serviço de armazenamento de conteúdos em nuvem, o que significou uma economia de cerca de R$ 400 mil por ano.


Este ano a plataforma está inscrita no prêmio Assembleia Cidadã, da Categoria Gestão, promovido pela União Nacional dos Legisladores e Legislativos Estaduais (Unale). A Assembleia do Rio Grande do Norte é vencedora do Prêmio, nesta categoria, das três últimas edições do concurso. O diretor de Gestão Tecnológica da ALRN, Mário Sérgio Gurgel, disse que se sente orgulhoso pelo fato de todo esse trabalho ser feito com a competência da própria equipe da Assembleia.


- A plataforma foi totalmente desenvolvida pela nossa equipe, inclusive com apoio do presidente da Assembleia, deputado Ezequiel Ferreira, que garantiu toda a estrutura necessária para alcançarmos a qualidade deste trabalho - disse.


Gurgel disse que outras casas legislativas têm entrado em contato com a ALRN para firmar Termo de Cooperação que leve os benefícios dessa tecnologia, sem custos, a outros parlamentos no Brasil. Ele informou, ainda, que a Assembleia vai estabelecer uma parceria com a ASTRAL para que as emissoras associadas tenham acesso ao software do Legis Vídeo.


- Os servidores Gerson Castro e Marília Rocha, que também integram a diretoria da ASTRAL, têm atuado para concretizarmos essa parceria. Esperamos anunciar em breve, concluiu Gurgel.


Clique aqui e acesse ao Legis Vídeo.


Bruno Lara / ASTRAL.

MAIS NOTÍCIAS
ValeVirtual Tecnologia