Sid Carneiro

“A mostra é importante para dar maior visibilidade às produções das TVs legislativas”, avaliou a Diretora de Rádio e TV Câmara dos Deputados, em Brasília, Alessandra Marquez Anselmo. Ela faz parte do corpo de jurados que vai analisar e julgar os documentários que estão sendo encaminhados dentro do prazo até 30 de junho deste ano.

Alessandra Anselmo acredita na qualidade dos documentários que vão ser aproveitados no enriquecimento das programações das tvs legislativas brasileiras. “As produções que concorrem, em geral, são mais bem acabadas e podem ser exibidas por um período mais longo. A mostra permite às emissoras terem mais produtos de boa qualidade para suas grades de programação, que enriquece a programação e permite que as obras selecionadas sejam vistas por um número maior de espectadores”, avaliou.

Para Alessandra, a Mostra de Documentários da ASTRAL significa avanços nas produções da comunicação legislativa. “É um jogo de ganha-ganha: ganha quem produz, ganha quem exibe e ganha quem assiste”, afirmou Alessandra.

As emissoras interessadas têm até o dia 30 de junho deste ano para enviarem suas produções. Poderá participar qualquer canal (web TV, cabo ou UHF) de TVs Legislativas associado ou não à ASTRAL.

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.