Sid Carneiro

O Secretário de Comunicação Social da Câmara dos Deputados, Márcio Marinho, que é deputado federal pelo PRB, na Bahia, se reuniu ontem (21), com o presidente da Assembleia Legislativa de Mato Grosso, deputado Eduardo Botelho (PSB). Márcio Marinho, que tinha em sua agenda, o propósito de conhecer o modo operacional da TVAL-MT Digital, como também da Rádio AL-MT 89,5 e anunciar a diminuição dos horários de obrigação das transmissões das sessões plenárias da Câmara dos Deputados em Mato Grosso, atendeu também, ao pedido de Eduardo Botelho para incluir quatro Rádios FM de Câmaras Municipais Mato-grossenses, nas transmissões da Rádio AL-MT.

O sinal se estenderá às Câmaras Municipais de Várzea Grande, Sinop, Rondonópolis e Barra do Garças que serão integradas à Rede Legislativa de Rádio e TV Digital. A solicitação foi assegurada por Márcio Marinho, que também anunciou a ampliação no espaço da programação regional da Rádio AL. Além disso, foram discutidas novas parcerias. O secretário foi recepcionado pelo presidente da Associação Brasileira de Televisões e Rádios Legislativas (ASTRAL), em Cuiabá (MT), Wanderley Oliveira, que também é Superintendente da TVAL-MT. Wanderley mostrou toda a estrutura das redações, sala de equipamentos aonde se encontra um transmissor independente e a torre da Atena do sistema de comunicação da ALMT.

Acompanharam o secretário, a Diretora da Coordenadoria da Rede Legislativa de Rádio e TV Digital e atual vice-presidente da ASTRAL, Evelin Maciel Brisolla e o Diretor Executivo da SECOM, David Miranda. “A nossa visita é justamente para fortalecer a parceria da Câmara Federal com a Assembleia Legislativa de Mato Grosso e propiciar que as pessoas de outros municípios do estado possam acompanhar os acontecimentos políticos mato-grossense”, destacou o secretário.

Com base em orçamentos anteriores, Evelin esclareceu em entrevista à TVAL-MT, que a montagem de uma TV ou Rádio Legislativa de forma isolada seria inviável para os parlamentos brasileiros. “O caminho foi juntar esforços com Assembleias e Câmaras Municipais para montarmos a rede legislativa que atualmente atende toda a população”, disse Evelin ressaltando a meta da rede legislativa de estar presente em pelo menos duzentos municípios brasileiros. “Nossa meta é universalizar o acesso ao sinal das nossas emissoras e, que, com a multiprogramação nos permite atuar com essa perspectiva de aproximação dos legislativos com os cidadãos”, afirmou Evelin.

Eduardo Botelho avaliou que a manutenção dessa parceria ajudará na ampliação da rede legislativa para a inclusão de mais Câmaras Municipais, na programação da TVAL-MT.

“Estamos discutindo a possibilidade de ampliar o sinal da TV para outros municípios com a estrutura que já temos. É muito importante aumentar esse alcance para que a população de todo estado acompanhe as ações do Legislativo”, disse Botelho. A secretária de Comunicação da AL-MT, Rosimeire Felfili avaliou o interesse dos legislativos municipais para estarem integrados à rede legislativa de rádio e tvs. “Essa parceria da Rede Legislativa com a Assembleia Legislativa de Mato Grosso é de fundamental importância para a consolidação das rádios e tvs legislativas no estado”, disse Rosemeire.

Wanderley Oliveira afirmou que a TVAL-MT é destaque por ser pioneira em constituir uma rede de comunicação com TV e rádio e a primeira a fazer transmissões em sistema Full HD.

“Neste ano estamos trabalhando para a liberação de mais de quinhentas outorgas de Rádio e TV para Assembleias Legislativas e Câmaras Municipais de todo país, tudo que for feito aqui vai servir de modelo para aquelas que estão se preparando para integrar a rede”, afirmou.

Sobre a ampliação do espaço na programação da Rádio/AL, o gerente da emissora, Jaime Neto disse, que a atenção da Rede Legislativa atende as reivindicações dos ouvintes da emissora.

“A mudança se dá mais porque o cidadão passa a ter informação direta da fonte a fim de que ele mesmo possa acompanhar de perto tudo que acontece e construir opinião sobre as discussões e ações políticas realizadas pelos parlamentares”, afirmou Jaime.

 

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.