Em 2018, o Dia de Campo na TV (DCTV), produzido pela Embrapa Informação Tecnológica, vai abrir espaço para discutir o papel da Embrapa no alcance das metas dos Objetivos do Desenvolvimento Sustentáveis (ODS/ONU). A Série ODS Por um mundo melhor, com início previsto para abril, abordará as mais relevantes ações da Embrapa alinhadas a esses objetivos. O público do programa também vai ver atualizados alguns dos temas mais acessados no Canal do DCTV no YouTube, além das inovações da pesquisa agropecuária. A produção dos 43 programas da grade de 2018 será feita em colaboração com 27 Unidades Descentralizadas e com a Epamig. Confira aqui a programação.

 

Série – Por meio da apresentação de Tecnologias, Produtos, Processos e Serviços (TPPS) adotados ou em adoção, a Série ODS debaterá o que a instituição fez, faz e terá de fazer para ajudar o País a vencer desafios de escala planetária ligados ao desenvolvimento sustentável. A série iniciará no mês de aniversário da Embrapa apresentando um panorama do alinhamento das ações da Empresa com os 17 ODS,  a agenda mundial estabelecida, em 2015, pela Organização das Nações Unidas (ONU) para construção e implementação de políticas públicas até 2030.

 

As demais edições da Série vão focalizar as oito metas em que há influência direta da Embrapa, conforme levantamento da equipe da Secretaria de Inteligência e Macroestratégia (SIM). Entre essas metas destacam-se: Vida sobre a terra, Erradicação da pobreza e Água limpa e saneamento. A Secretaria, ao lado de pontos focais das Unidades Descentralizadas, está à frente da elaboração de e-books sobre cada um dos 17 ODS, em parceria com equipes da Embrapa Informação Tecnológica.

Programa mais enxuto – Em 2018, o programa Dia de Campo na TV passa a ocupar 30 minutos na programação das emissoras parceiras. O tema principal será tratado fora do estúdio em dois blocos de cerca de cinco minutos cada, ficando os outros dez minutos dedicados a quadros como Ciência e Tecnologia em Debate, Repórter em Campo, Minuto do Livro e Agência Embrapa de Notícias entre outros.

 

A ideia, com as medidas, é reduzir investimentos na etapa de captação externa, a mais custosa do processo, e conferir maior dinamismo ao DCTV. O comitê de seleção, que este ano atuou no início do processo, colaborando no levantamento de abordagens, considerou oportuna a solução encontrada. Os membros do comitê aprovaram a nova forma de participação, iniciativa que, segundo avaliaram, rendeu retorno positivo das UDs e propostas ainda mais alinhadas às prioridades institucionais, com ganhos também para o enfoque jornalístico, marca do programa.

 

Os mais vistos – A atualização dos temas mais visualizados no Canal do DCTV no YouTub vai potencializar o uso do arquivo de imagens mantido pela Embrapa Informação Tecnológica, além, claro, de atender ao público do programa. O programa televisivo trará de volta a Galinha Embrapa 51: opção para agricultura familiar, da Embrapa Suínos e Aves, o programa mais acessado nos quase dez anos de criação do Canal.

 

Em 2018, o programa completa 20 anos, e é considerado por muitos como uma ação de comunicação “importante para a Embrapa e para a sociedade”, como destaca o pesquisador do Departamento de Pesquisa e Desenvolvimento (DPD), Paulo Tremacoldi, e que “precisa permanecer, pois sabemos do valor que se entrega à sociedade”, como ressalta a pesquisadora do Departamento de Transferência de Tecnologia (DTT), Kílvia Craveiro.

Novos Tutoriais – O Setor de Mídia Eletrônica preparou três novos tutoriais que orientam sobre produção de vídeo, em suporte aos Núcleos de Comunicação das UDs. Como fazer uma entrevista televisiva (Repórter em Campo, por exemplo), Como obter boas imagens e Dicas para o acompanhamento da etapa de edição são os conteúdos dos vídeos disponíveis na Biblioteca da Rede.com, que foram elaborados pelo colega e professor de telejornalismo, Antônio Heberlê.

valeria.costa/Embrapa

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.