Patrícia Montanari Leme/ TV Câmara Jundiaí– A TV Câmara Jundiaí já soma 13 anos levando informação ao público e transparência do que ocorre no Legislativo Municipal. Mas o ano de 2017 ficará, sem dúvida, marcado na história da emissora como um dos mais produtivos. A avaliação é da Diretora Administrativa da TV Câmara Jundiaí e Secretária Geral da ASTRAL, Luciana Rivelli.
Em junho, a TV Câmara de Jundiaí aderiu à ASTRAL – Associação Brasileira de Televisões e Rádios Legislativas, passando inclusive a integrar a Diretoria Executiva da entidade. O objetivo desta parceria é o compartilhamento de conteúdo – ao mesmo tempo em que a TV Câmara pode reproduzir tudo o que é produzido pela ASTRAL e por seus associados, a associação divulgará os conteúdos da TV Câmara a todos os seus membros, além de proporcionar intercâmbio profissional e networking entre as emissoras.
Em setembro, a TV Câmara Jundiaí deu um importante passo em direção à acessibilidade. A transmissão ao vivo das Sessões e Audiências Públicas passou a apresentar o chamado closed caption – ou legenda oculta. A tecnologia permite aos deficientes auditivos acompanhar o que se passa nos trabalhos do legislativo. O sistema é operado por servidores da própria Câmara Municipal, que passaram por treinamentos que os deixaram aptos a fazer a locução das transmissões. Utilizando seus próprios servidores e dispensando a necessidade de contratar prestadores de serviço terceirizados, a Câmara conseguiu unir acessibilidade, tecnologia, valorização de seus recursos humanos e economia dos recursos financeiros.
Também em setembro a TV Câmara Jundiaí firmou um convênio com a Rede TVTEC que permitirá que as duas emissoras trabalhem em parceria, compartilhando conteúdos, profissionais e tecnologia. A ideia é unir esforços para produzir conteúdos regionais, com prestação de serviços e informações que interessem especificamente aos moradores de Jundiaí.
   
A implantação de novas tecnologias e parcerias inéditas ampliam o alcance da emissora
Histórico
 
Em 2004, a primeira semente da TV Câmara foi plantada. Naquele ano foi instalado no plenário do Legislativo Municipal um sistema para a realização da ata eletrônica. Duas câmeras de vídeo, somadas a equipamentos simples de edição e armazenamento de imagens, possibilitaram que as sessões fossem gravadas e organizadas em um arquivo interno. A iniciativa tinha como finalidade apenas a documentação dos trabalhos – ainda não havia a intenção consciente de se criar um canal de televisão.
Foi em 2006 que realmente nasceu a TV Câmara. As sessões e audiências públicas passaram a ser transmitidas ao vivo pela internet, no site da Câmara Municipal. E, fazendo uso da chamada Lei do Cabo (Lei nº 8.9777/95), as sessões e audiências públicas da Câmara Municipal de Jundiaí começaram a ser transmitidas ao vivo também no canal 4 da NET. Atendendo à legislação vigente, o canal a cabo é compartilhado entre a Câmara Municipal de Jundiaí e a Assembleia Legislativa de São Paulo. A primeira transmissão ao vivo pela NET foi a audiência pública realizada em 22 de novembro de 2006.
Em 2008, mais uma evolução. A qualidade do material transmitido foi aprimorada, graças à renovação dos equipamentos. Além disso, um estúdio de TV foi construído no prédio principal da Câmara Municipal, permitindo a gravação de programas próprios.
Em 2012, outro importante passo foi dado. A Câmara Municipal de Jundiaí aderiu à Rede Legislativa de Rádio e TV, por meio de um acordo de cooperação firmado com a Câmara dos Deputados. Com a adesão à Rede Legislativa, o objetivo da Câmara Municipal de Jundiaí era transmitir suas sessões não apenas na TV a cabo, mas em sinal aberto, permitindo de fato a democratização da informação.
Após a adesão à Rede Legislativa, a Câmara Municipal, auxiliada pela Câmara dos Deputados, deu início aos trâmites legais para que o canal aberto se tornasse realidade. O Ministério das Comunicações, em 2012, consignou o canal 60 à TV Câmara Jundiaí; e em 2015 aprovou o projeto técnico para a instalação dos equipamentos de transmissão. Paralelamente a isso, em 2015 a Câmara Municipal licitou os equipamentos necessários à transmissão em sinal aberto. Depois de percorrida esta longa trajetória, em janeiro de 2016 a TV Câmara Jundiaí passou a ser transmitida em sinal aberto.
O desejo é de evoluir sempre. Por isso, continuaremos trabalhando para que a TV Câmara Jundiaí seja, de fato, uma ponte entre o Legislativo municipal e os cidadãos. Desenvolvimento de programação própria e diálogo com a sociedade são os rumos que trilharemos daqui para frente.

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.