Uma nova grade de programação compartilhada poderá contemplar todas as emissoras de Rádios legislativas brasileiras. O tema é um dos assuntos na pauta de reunião da Rede Legislativa, nesta segunda-feira (2), com as quatro rádios legislativas que já estão no ar: Rádio Assembleia Mato Grosso e as rádios Câmaras municipais de Bauru (SP), Teixeira de Freitas (BA) e Pouso Alegre (MG). A matéria já desperta interesse de outras rádios legislativas, que estão próximas de abrirem o sinal em suas cidades, para obterem o espaço que elas buscam para trabalharem seus conteúdos, conforme suas realidades regionais. O tema vem sendo discutido há mais de dois anos.
O presidente da ASTRAL, Wanderley Oliveira acredita no consenso dos debates em torno da grade de programação para todas as emissoras parceiras sejam contempladas. “Tenho a certeza que a sensibilidade, a coerência e a visão macro de todos os participantes, serão fatores decisivos para implantação de uma grade de programação, que contemple as peculiaridades de cada rádio legislativa, assim como as necessidades regionais sejam atendidas dentro do contexto da Rede Legislativa de Rádios”, afirmou o presidente.
Segundo a Coordenadora Nacional da Rede Legislativa de Rádio e TV Digital da Câmara Federal e 1ª Vice-presidente da ASTRAL, Evelin Maciel, a reunião vai debater pontos de um acordo para a nova grade de programação compartilhada. Estará presente também, a Diretora da Rádio e TV Câmara Federal, Alessandra Anselmo. “É uma reunião de trabalho na qual definiremos algumas questões de orientações para emissoras associadas e debateremos um novo modelo da grade de programação compartilhada”, disse Evelin.
A Rádio Câmara 90,9 FM de Teixeira de Freitas cobre 13 municípios da costa do descobrimento do Brasil (região administrativa do extremo sul da Bahia) e é a primeira Rádio Câmara FM do norte/nordeste do Brasil. A emissora entrou no ar com sua programação compartilhada em definitivo no dia 5 de junho de 2017.
O Diretor de Comunicação Social da Câmara Municipal, jornalista e radialista Athylla Borborema, destaca que a Rádio Câmara foi uma grande conquista da sociedade do extremo sul da Bahia por se tratar de uma estação que é a voz do cidadão e se estabeleceu a serviço da sociedade, divulgando os atos do Poder Legislativo.
O Gerente da Rádio Assembleia Legislativa de Mato Grosso, Jaime Neto espera por uma formatação, que atenda às necessidades da emissora mato-grossense, pioneira no segmento legislativo estadual. “Esperamos uma formatação dentro da realidade de cada um, após esses dois anos de experiência que temos como rádio legislativa”, disse Jaime.
A ASTRAL e Rede Legislativa trabalham na expectativa da liberação de dezenas de novas outorgas em 2017/2018.
O Diretor de Comunicação da Câmara Municipal de Vereadores de Bauru e Diretor Técnico da ASTRAL, Marcelo Malacrida disse que a Rádio Câmara Bauru está no ar desde março de 2015 e cumpre rigorosamente, o Acordo de Cooperação Técnica assinado com a Câmara dos Deputados. O conteúdo produzido pela equipe da rádio tem como foco principal, o trabalho dos vereadores. Mas a programação é extensa com uma variedade de produtos como o programa Conexão Bauru. “Procuramos tratar de todos os assuntos da cidade e do país, porém, sempre com a preocupação de dar prioridade ao trabalho da casa”, afirmou. Também fazem parte da programação, entrevistas e reportagens com os parlamentares.
Os profissionais da Rádio Câmara no município de Pouso Alegre (MG) avaliaram que as emissoras legislativas devem exercer suas funções parlamentares, sem deixarem de cumprir com as ações sociais. Para a Diretora de Comunicação, Yuri Sato, a Rádio Legislativa é um canal de suma importância para a população. “Na realidade é uma expansão do trabalho do legislador. É um mecanismo que permite mostrar a transparência dos trabalhos exercidos pela Câmara Municipal, sem deixar de lado seu papel social”, analisou Yuri.
A supervisora de Rádio e TV na Câmara de Pouso Alegre, Karine Pagliarini disse, que a grade contempla a transmissão ao vivo das sessões plenárias, jornalismo e música. “Sempre acreditei na democratização da informação política por meio da Rádio e da TV Câmara. A reunião será uma oportunidade para a troca de experiências entre as emissoras dos legislativos municipais”, disse.
Mas é Emanuela Barreto, Analista de Comunicação da Câmara, que representará a Rádio e TV de Pouso Alegre, na reunião, em Brasília. “Vamos levar as demandas apontadas pela comunidade local”, resumiu Emanuela.
O Chefe de Rádio e TV de Pouso Alegre, Lucas Silveira ressaltou a importância da Rádio Legislativa, por entender que a emissora viabiliza as ações do legislativo interagindo com a população municipal.

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.